Ética é a matéria mais importante da prova e você precisa saber chutar quando necessário.

Na primeira fase da OAB, há 8 questões de Ética, o que significa que se você gabaritar Ética já está 20% aprovado na prova(são necessários 40 acertos).

Você, que é um aluno estudioso e bem preparado, com certeza vai gabaritar a matéria sem precisar chutar nada.

Mas, se por algum acaso, você não lembre algumas respostas desta matéria, há alguns macetes que você pode usar.

Mais especificamente 3.

Não vá falar por aí que estou te mandando chutar. As dicas aqui são para caso você já esteja no desespero e não saiba o que responder na prova. Ok?

Então vamos lá!

1° Dica:

Quando a questão tratrar de Direito dos Advogados, marque a alternativa que confira direitos mais amplos aos advogados. Sendo mais precisa ainda, marque aquela que diz que os advogados, juízes e promotores tem direitos iguais.

Ou seja, não marque as alternativas que limitam os direitos dos advogados, pois estas quase sempre estarão erradas.

2° Dica:

A lei nunca vai ser conivente com os prejuízos gerados às partes.

Então, sempre que a questão falar que há uma urgência, que há um direito prestes a perecer e que precisa de um advogado, ela vai poder atuar sem depender de mais nada.

Sabendo disso, marque a alternativa que diz que o advogado pode atuar para buscar e resguardar os interesses do cliente.

3° Dica:
O advogado não deve cuspir no prato que comeu.

O que eu quero dizer é que se o advogado trabalha para alguma entidade específica, seja união, município ou algo assim, ele não pode atuar em face deste órgão.

Ou seja, ele não pode ser ingrato.

Então sempre que a questão falar que o advogado pode ir contra alguma entidade em que ele trabalha, ela estará errada.

Resumindo toda a história, Ética é uma matéria com muitas questões e, ao mesmo tempo, pouco conteúdo. Então você precisa gabaritar a todo custo, mesmo que você não lembre a resposta em algum momento.

Por isso, caso precise chutar, chute da forma certa.

Era isso, meus queridos. Se você quiser exemplos práticas disso, eu fiz um vídeo no Youtube um pouco mais longo em que eu mostro vários exemplos de questões que você pode usar isso.

Clique no vídeo abaixo para assisti-lo:

Ah tem mais uma coisa que eu quero te pedir: se você tem alguma outra dica que pode ajudar, escreve aqui embaixo nos comentários para eu ver, vai ser muito valioso para mim.

Um abraço e até a próxima,

Amanda.

Autor: Ah! manda Direito

Notícias relacionadas
Comentários