A chave para saber como identificar qualquer peça é saber em que momento o processo está.

Simples assim. Entenda o momento do processo e você nunca zerará a peça por não saber identificá-la.

Como todo bom OABeiro sabe, tudo começa na Petição Inicial. A partir daí há uma série de acontecimentos que compõem todo o processo e, consequentemente, a diferenciação das peças.

Então, segue aqui embaixo toda a linha do tempo que você precisa para identificar qualquer peça:

  • Petição Inicial (Procedimento comum, Procedimento especial, Execução);
  • Juiz recebe a inicial;
  • Audiência de conciliação;
  • Contestação e Reconvenção;
  • Decisão de réplica;
  • Réplica;
  • Especificação de provas;
  • Partes se manifestam;
  • Decisão saneadora e Decisões interlocutórias;
  • Agravo de instrumento;
  • Patifaria na audiência, Perícia, Esclarecimento e Juntada;
  • Oportunidade para memoriais finais;
  • Sentença;
  • Apelação;
  • Acórdão;
  • RE e REsp;
  • Agravo Interno (regimental) contra decisão monocrática proferida pelo relator;
  • TJ.

É isso. Se você conseguir entender em que momento está o processo você vai saber identificar a peça.

Para ficar mais dinâmico, eu fiz uma linha do tempo real sobre esses acontecimentos e vou deixar aqui para vocês baixarem:

https://drive.google.com/file/d/1vDeprsR430zNKgxSI5O9HnJ5wGzTzrXA/view

Espero que você aproveite bem esse material. Um abraço e até o próximo post, Amanda Alves.

Autor: Ah! manda Direito

Notícias relacionadas
Comentários